sexta-feira, 10 de junho de 2011

HOMILIA DOMINICAL – PENTECOSTES – A IGREJA VIVE NO ESPÍRITO DO RESSUSCITADO

A festa de Pentecostes celebra um acontecimento essencial para vida dos filhos de Deus e para sua Igreja. Nascemos oficialmente através do batismo no Espírito Santo. A vinda do Espírito sobre os discípulos manifesta a riqueza da vida nova do Ressuscitado no coração e na atividade missionária dos seguidores de Jesus Cristo. E, ao mesmo tempo, inicia-se a expansão da Igreja através do anúncio e do testemunho dos que receberam o batismo no Espírito Santo. Esta manifestação de Deus pelo Espírito ilumina a comunidade dos amigos de Cristo e faz com que compreendam sua ressurreição como a plenitude dos planos do Pai para salvação do mundo, não só para Israel como pretendiam os judeus.
O Espírito Santo nos renova em Cristo. “Sem o Espírito Santo, Deus está longe, o Cristo permanece no passado, o evangelho uma letra morta, a Igreja uma simples organização, a autoridade um poder, a missão uma propaganda, o culto um arcaísmo, e a ação moral uma ação de escravos. Mas no Espírito Santo o cosmo é enobrecido pela geração do Reino, o Cristo ressuscitado está presente, o evangelho se faz força do Reino, a Igreja realiza a comunhão trinitária, autoridade se transforma em serviço, a liturgia é memorial e antecipação, a ação humana se deifica” ( Atenágoras séc. II d.C).
A promessa do Ressuscitado se realiza na vinda do Espírito sobre seus discípulos em forma de línguas de fogo que faz resplandecer nestes homens tementes a Deus a força do Espírito em formas de dons que devem ser colocados à disposição da comunidade para gerar comunhão e fraternidade entre os filhos amados de Deus. Por isso, o Apóstolo Paulo em meio à comunidade de Corintos os adverte que entre aqueles que receberam o Espírito Santo não pode haver distinção racial ou social, pois Cristo é a cabeça de sua Igreja e nós somos os membros que devemos estar unidos a Ele.
As palavras de Jesus no Evangelho de São João é um mandato e ao mesmo tempo uma ordem para os discípulos e missionários que crêem no plano salvífico de Deus, pois é o princípio de uma nova criação; nasce uma comunidade inspirada pelo Espírito de Deus, com o poder de perdoar pecados e oportunizar aos homens um recomeço, ou seja, uma vida nova inspirada nos ensinamentos de Jesus e conduzida e animada pelo Espírito Santo.
A festa de Pentecostes é para nós cristãos uma oportunidade de nos renovarmos pelo Espírito Santo de Deus e, ao mesmo tempo, superarmos as desavenças, intrigas, discórdias e divisões presentes no seio de nossas comunidades que impedem o Espírito Santo agir e nos conduzir para uma vivência de intimidade na oração com o Cristo Ressuscitado. Portanto, tenhamos coragem de superar o egoísmo e nos abramos às novidades do Espírito em uma vivência de comunhão fraterna em nossas famílias e comunidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário